16/11/2018

Manifesto ABEM – Saída dos médicos cubanos do País.

Considerando:

1 – a Missão da ABEM de “Desenvolver a educação médica visando a formação de um profissional capaz de atender às necessidades de saúde da população, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária”;

2- a Visão da ABEM de “Ser reconhecida como a principal protagonista de melhorias na educação médica brasileira, representante de seus associados, influenciando as políticas públicas de educação e saúde”;

Manifestamos nossa preocupação com o impacto da saída dos médicos cubanos do Programa Mais Médicos do Brasil na assistência à saúde de um segmento da nossa população, estimado em 32 milhões de brasileiros.

A ABEM entende que é prioritária a identificação, por parte do Governo Brasileiro, de soluções imediatas e de qualidade que impeçam a descontinuidade da atenção à saúde integral de todos os brasileiros e garantam a preservação do Sistema Único de Saúde.

Da mesma forma , a ABEM está disponível e deseja contribuir na construção dessas soluções, considerando o equilíbrio entre estratégias emergenciais e de longo prazo para o provimento equitativo de médicos e médicas no Brasil a partir de uma formação de qualidade.